Volume de exportação de açúcar cai 26,5% em abril ante março

O Brasil exportou em abril 1,528 milhão de toneladas de açúcar bruto e refinado, volume 26,48% menor que os 2,078 milhões de toneladas embarcados em março e 72,4% superior ante as 886,2 mil toneladas registradas em igual mês de 2015.

Dados do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC) divulgados nesta segunda-feira, 2, mostram que, do total embarcado no mês passado, 1,232 milhão de toneladas foram de açúcar demerara e 295,8 mil toneladas, de refinado.

A receita obtida com a exportação total de açúcar em abril passado foi de US$ 486,4 milhões, 22,47% menor que a registrada em março (US$ 627,4 milhões) e 57,7% acima dos US$ 308,4 milhões computados em abril de 2015. No acumulado de 2016, foram exportadas 7,806 milhões de toneladas de açúcar (+32%), com receita de US$ 2,346 bilhões(12,9%).

Etanol

O Brasil exportou em abril 71,8 milhões de litros de etanol, queda de 65,3% na comparação com os 207,1 milhões de litros embarcados em março, mas aumento de 241,9% frente os 21 milhões de litros de igual período de 2015. Os dados foram divulgados pelo MDIC.

A receita cambial com a venda do biocombustível alcançou US$ 39 milhões em abril, recuo de 63,2% ante os US$ 106,1 milhões registrados em março. Em relação aos US$ 10,5 milhões de litros de abril de 2015, houve aumento de 271,4%. No acumulado de 2016, as exportações somam 705 milhões de litros (+97,7%), com receita de US$ 352 milhões (+73,7%).

Suco

A receita com exportação de suco de laranja do Brasil cresceu 105% em abril na comparação com o mesmo mês de 2015, de US$ 79,2 milhões para US$ 162,4 milhões, informou o MDIC.

Em relação a março de 2016, houve uma queda de 0,92% sobre os US$ 163,9 milhões registrados naquele mês. O volume de suco de laranja exportado no mês passado foi de 223 mil toneladas, 4% maior do que as 214,4 mil toneladas embarcadas em março e 179,1% superior ao total de 79,9 mil toneladas de abril de 2015.

As fortes variações positivas e negativas entre os meses são comuns no mercado exportador de suco de laranja. Elas ocorrem principalmente devido às escalas dos navios cargueiros utilizados para o envio da bebida ao exterior, os quais transportam grandes volumes da commodity.

O preço médio da tonelada de suco exportada em abril foi de US$ 728,20 ante US$ 991,4 em abril de 2015 e US$ 764,30 por tonelada em março de 2016. Com o resultado de abril, as vendas acumuladas de suco no primeiro quadrimestre de 2016 alcançaram 894,4 mil toneladas, 36,13% mais que as 657 mil toneladas embarcadas no mesmo período de 2015.

A receita acumulada soma US$ 741,6 milhões, 3,76% acima dos US$ 714,7 milhões registrados nos quatro primeiros meses do ano passado.

Fonte: (Estadão Conteúdo)

X