Volume de cana processada pela Usina São João atinge 112%

A Usina São João de Araras (SP) conseguiu uma marca inédita nessa safra: pois processou 562,26 mil toneladas de cana, volume 112% superior ao registrado no mesmo período da safra anterior.

Segundo o diretor executivo, Narciso Bertholdi, um dos responsáveis é a maior produtividade alcançada como os canaviais jovens. Tanto é que desde 2010, o Grupo USJ vem investindo R$ 40 milhões/ano para renovar e expandir os canaviais e hoje, a idade média dos canaviais próprios – que respondem por 80% da produção – é de 3,4 anos, contra 4,3 anos antes da renovação.

“Também estamos com uma área maior de cana plantada, resultado de um trabalho junto aos produtores rurais nos últimos anos, o que nos permite acessar um volume maior de matéria-prima”, explica o diretor executivo Narciso Bertholdi. Com o resultado promissor do primeiro mês de colheita, Bertholdi acredita que a meta de processar 3,2 milhões de cana (6% acima da safra passada) será atingida.

Além dos R$ 40 milhões anuais investidos na renovação de seus canaviais próprios, o Grupo USJ iniciou investimentos de R$ 10 milhões para renovar seu parque de caldeiras para geração de vapor a partir de bagaço de cana. “Hoje, a Usina São João é capaz de produzir toda a energia que consome em sua operação, e a intenção é gerar um excedente que possa ser comercializado”, revela o executivo.

img6935

X