Vice-presidente da Raízen assume presidência da Rumo

João Alberto Fernandez de Abreu, vice-presidente executivo de Etanol, Açúcar e Bioenergia da Raízen Energia S.A., assume a presidência da player de logística Rumo S. A.

Ex-funcionário por 18 anos na Shell, sócia da Cosan na Raízen, Abreu substitui Julio Fontana.

A posse do novo comandante da empresa está marcada para 1º de abril de 2019. Até lá, o comando segue com o atual presidente.

Em comunicado ao mercado, Ricardo Lewin, vice-presidente Financeiro e de diretor de relações com investidores da Rumo, e Marcelo Eduardo Martins, diretor financeiro e de relações com investidores da Cosan Logística, informam que Fontana seguirá como prestador de serviços para a empresa até novembro de 2019.

Depois, Fontana presidirá o Comitê Operacional da Rumo e se tornará membro de seu Conselho de Administração, participando de todas as decisões estratégicas e operacionais relevantes.

No comunicado, os diretores das empresas atestam que “durante a vigência de seu mandato, [Fontana] conduziu com grande sucesso o processo transformacional da Companhia, tanto operacional quanto financeiro, que culminou na expressiva melhora de seu resultados e reconhecida geração de valor para seus acionistas.”

Leia também:

Confira os ganhos da Tonon Bioenergia com a aplicação de camisas de alta drenagem

Mais sobre o novo presidente

A escolha de João Alberto Fernandez de Abreu como sucessor de Julio Fontana foi definida em 06/12 pelos integrantes dos Conselhos de Administração da Cosan Logística e da Rumo.

Além de vice-presidente executivo de Etanol, Açúcar e Bioenergia da Raízen Energia S.A., Abreu é membro dos conselhos das empresas Iogen Energy, WX Energy e Centro de Tecnologia Canavieira (CTC).

O executivo trabalhou por 18 anos no grupo Shell, ocupando diversas posições no varejo no Brasil, Inglaterra e Argentina.

Em 2012, tornou-se diretor de Bioenergia e Tecnologia do negócio de Etanol, Açúcar e Bioenergia da Raízen Energia S.A. Dois anos depois, assumiu a Diretoria executiva Agroindustrial e se tornou vice-presidente executivo de Etanol, Açúcar e Bionergia, coordenando mais de 23 mil funcionários nas 26 usinas de cana-de-açúcar.

Ele é formado em Engenharia Mecânica e de Produção pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ) e possui MBA pela Fundação Dom Cabral.

 

X