Verticalização da produção pode suprir elevação da demanda

O crescimento vertical da produção agrícola de cana-de-açúcar é um dos caminhos que o setor sucroenergético brasileiro deve trilhar para atender futuras demandas de seus principais produtos (etanol, açúcar e bioeletricidade).
A expectativa das usinas e destilarias é que ocorra uma elevação do consumo de seus produtos com a superação das crises conjuntural e setorial e a necessidade de cumprimento de metas ambientais em diversos países, inclusive no Brasil.

Além de reduzir a aquisição ou arrendamento de áreas – que têm preços elevados, dependendo da região –, a verticalização contribui para a diminuição de custos de produção.
Diversas tecnologias e sistemas agrícolas deverão desempenhar um papel importante para o aumento da disponibilidade de matéria-prima por meio da elevação da produtividade agrícola em toneladas por hectare, aumento do teor de sacarose da cana, maior oferta da chamada cana-energia.

Leia matéria completa clicando aqui.

X