Versão gel encarece 200% álcool doméstico

A partir do dia 21 de agosto, o consumidor terá que desembolsar cerca de 200% a mais para utilizar álcool, seja na limpeza doméstica ou para acender a churrasqueira no domingo.

Segundo resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), fica proibida a fabricação e a venda do produto na forma líquida. Só é permitida a venda do álcool em gel, em embalagens de 500 mililitros. O litro do álcool líquido custa em média, nos supermercados, R$ 2,00; já na versão gel o produto sai por cerca de R$ 6,00.

Quem desrespeitar as determinações estará sujeito a penas previstas na Lei 6.437/77 que vão desde notificação a multas de R$ 2 mil a R$ 1,5 milhão. (Panorama Brasil)

X