Vendas de carro a álcool disparam

As vendas de carro a álcool dispararam no mês de março. Foram negociados 20.844 veículos no mês passado, um volume 588% maior que o vendido no mesmo mês do ano anterior (3.028).

No acumulado do ano, as vendas totalizam 55.358, um aumento de 383% em relação ao mesmo período do ano passado.

No ano passado, as vendas de carro a álcool totalizaram 84.558.

Vendas de carro a álcool disparam

As vendas de carro a álcool subiram 225% nos primeiros oito meses do ano, para 27.617 unidades, contra 8.504 veículos em igual período do ano passado, de acordo com dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Somente em agosto, a comercialização atingiu 4.643 veículos, um crescimento de 387% sobre o mesmo mês de 2001, com 952 automóveis movidos a álcool negociados.

No final de julho, o governo federal fechou acordo com as montadoras de redução do Imposto sobre Produtos Industrialiados (IPI) dos veículos para garantir o emprego do setor automobilístico. A medida beneficiou os carros a álcool.

Pelo acordo, a alíquota do imposto para carros 1.0 caiu de 10% para 9%. Para os movidos à gasolina, a alíquota voltará a 10% em outubro. A dos do carro a álcool vai permanecer em 9%. Para os veículos de até duas mil cilindradas, o imposto caiu de 25% para 16% para os movidos à gasolina e para 14% para os movidos a álcool. Acima de duas mil cilindradas, será cobrado 25% de IPI para os carros à gasolina e 20% para carros a álcool e com motores reversíveis (que funcionam com os dois combustíveis). As medidas visam garantir a maior produção de carro a álcool e incentivar o uso do combustível renovável.

Até agosto, a participação média da produção de veículos movidos a álcool na frota total do País foi de 3,3%. Somente no mês de agosto a fatia foi de 4,1%. Em 2000, a média ficou em 0,8%.

Carro a álcool

(venda mensal de veículos em unidades)

Meses: 2000 – 2001 – 2002

Janeiro: 960 – 1.364 – 2.489

Fevereiro: 1.068 – 910 – 2.889

Março: 772 – 1.208 – 3.175

Abril: 457 – 1.140 – 3.479

Maio: 459 – 1.041 – 3.728

Junho: 970 – 1.042 – 2.815

Julho: 839 – 847 – 4.399

Agosto: 1.212 – 952 – 4.643

Setembro: 856 – 1.394

Outubro: 338 – 1.712

Novembro: 647 – 2.510

Dezembro: 1.714 – 4.215

Total: 10292 – 18.335 – 27.617

Fonte: Anfavea

Vendas de carro a álcool disparam

As vendas de carro a álcool totalizaram 22.986 unidades de janeiro a julho deste ano, um aumento de 205% sobre o mesmo período do ano passado, de acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Em julho passado, a comercialização foi de 4.411 unidades, alta de 420,7% sobre o mesmo mês de 2001 e aumento de 56% sobre junho deste ano, quando foram negociadas 2.815 unidades.

Segundo a Anfavea, o carro a álcool representa atualmente 3,2% da produção total de veículos. No ano passado, esse percentual ficou em 1,4%. Em 2000, foi de 0,8% sobre a produção nacional.

Vendas de carro a álcool disparam

As vendas de carro a álcool totalizaram 22.986 unidades de janeiro a julho deste ano, um aumento de 205% sobre o mesmo período do ano passado, de acordo com a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). Em julho passado, a comercialização foi de 4.411 unidades, alta de 420,7% sobre o mesmo mês de 2001 e aumento de 56% sobre junho deste ano, quando foram negociadas 2.815 unidades.

Segundo a Anfavea, o carro a álcool representa atualmente 3,2% da produção total de veículos. No ano passado, esse percentual ficou em 1,4%. Em 2000, foi de 0,8% sobre a produção nacional.

X