Vem aí greve na empresa de transporte de combustíveis da Petrobras

Terminal de Madre de Deus, da Transpetro (Foto: Renata Mello/Divulgação)
Terminal de Madre de Deus, da Transpetro (Foto: Renata Mello/Divulgação)

Está prevista para começar no sábado (14/05) greve por tempo indeterminado de trabalhadores da Transpetro, empresa da Petrobras especializada no transporte de granéis líquidos de combustíveis.

Com 52 embarcações, a Transpetro realiza o transporte de petróleo e derivados, etanol e gás liquefeito de petróleo para atender aos mercados nacional e internacional.

Saiba mais sobre a anunciada greve:

1 –  A paralisação é confirmada pelo Sindicato Nacional dos Oficiais de Marinha Mercante (Sindmar), presidido por Severino Almeida Filho

2 – Motivo da paralisação: trabalhadores reivindicam ajustes salariais. Pedem recomposição salarial em 9,93%, taxa equivalente à inflação acumulada nos últimos 12 meses

3 – Eles questionam também a venda da subsidiária, operação prevista dentro do plano de desinvestimento da Petrobras

4 – Segundo o Sindmar, os cerca de 2,2 mil profissionais que tripulam os 52 navios da empresa querem a manutenção de seus postos de trabalho

5 – A greve terá início às 8h do dia 14 de maio, conforme decisão da Assembleia

 

X