Veja quanto a Biosev espera colher com colhedoras novas

Controlada pelo grupo francês Louis Dreyfus Commodities (LDC), a Biosev administra 11 usinas sucroenergéticas, com capacidade anual para moer 36,4 milhões de toneladas de cana-de-açúcar.

A expectativa da Biosev é encerrar a temporada 15/16 com moagem de 32 milhões de toneladas, ante as 28,3 milhões de toneladas da temporada anterior. O ganho de moagem reflete os investimentos agrícolas, e, também, em novas máquinas. 

Nesta semana, a Biosev recebe 15 novas colhedoras Case IH 8800 da Tracan, empresa revendedora da marca. E, com o maquinário indo para o campo, neste último bimestre da safra 15/16, a companhia sucroenergética espera superar 83,7 toneladas de cana por hectare, sua atual marca.

Segundo a assessoria da fornecedora das colhedoras, os investimentos da companhia sucroenergética nas máquinas integram o aporte de R$ 226 milhões feitos pela Biosev na safra em andamento.

As máquinas vão para o campo nestes últimos meses da safra (Foto: Divulgação)
As máquinas vão para o campo nestes últimos meses da safra (Foto: Divulgação)

Quase metade desse valor foi aplicado na área  agrícola para renovar os canaviais com variedades de cana mais produtivas, na fertilização do solo, no controle de pragas e em máquinas e equipamentos.

As 11 usinas da Biosev estão localizadas nos estados São Paulo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Rio Grande do Norte e Paraíba.

Leia mais: Biosev mantém investimentos visando ganhar com a virada do mercado 

 

X