UTE de usina tem R$ 189 mil de pró-labore para diretores

pro

Os diretores da UTE São José da Estiva S. A., termelétrica ligada a usina de cana-de-açúcar São José da Estiva, terão R$ 189,6 mil a título de ‘pró-labore’.

O montante financeira será distribuído entre este mês de agosto a julho de 2017.

A UTE é movida a biomassa de cana-de-açúcar e funciona em anexo à unidade produtora de açúcar e de álcool São José da Estiva, localizada em Novo Horizonte (SP).

Leia também: Termelétrica de usina apura R$ 24 milhões em 2015

Os acionistas da empresa geradora de energia elétrica também elegeram e empossaram os membros da diretoria para o biênio 2016/2017 e 2017/2018.

São eles: Jorge Ismael de Biasi Filho, diretor-presidente; Roberto de Biasi, diretor-administrativo; e os demais cargos denominados de diretores: Ana Ester Moraes de Biasi e Sandro Henrique Sarria Cabrera.

X