USP-FEA convida Econergy para expor sobre o mercado de Crédito de Carbono

A USP – Universidade de São Paulo quer conhecer melhor o mercado de Crédito de Carbono. Para tanto, convidou o analista de negócios da Econergy Brasil, Júlio Zogbi, para falar na próxima sexta-feira, dia 23 de maio, às 11:00 hs, na FEA/USP Faculdade de Economia e Administração da USP), em São Paulo, sobre as atividades da empresa no Brasil e no mundo. Esse encontro informal é uma tentativa do PROGESA (Programa de Gestão Estratégia Sócio-Ambiental da USP), coordenado pelo professor Isak Kruglianskas, de levar o tema do Mercado do Carbono para dentro da FEA.

A Econergy é uma empresa que desenvolve projetos de tecnologia limpa, sendo especializada na prestação de assessoria técnica e financeira e no desenvolvimento de novos negócios. A empresa está levantando um Fundo de Investimento de Capital de Risco, o CleanTech Fund, para projetos de eficiência em transporte, reciclagem, eficiência energética e energia renovável.

Contando com uma equipe multidisciplinar de engenheiros e analistas, a Econergy oferece a estruturação total dos projetos, além de promover a comercialização de Créditos de Carbono. Nos projetos desenvolvidos pela Econergy, os recursos ambientais transformam-se em ativos financeiros e em vantagens para garantir maior competitividade no mercado.

A Econergy ajuda as empresas com projetos que reduzem os custos e aumentam a receita, fazendo o gerenciamento correto da energia, seja na área técnica (análise de viabilidade técnica do projeto, avaliação de processos e de passivo ambiental e inventários energéticos e de gases de efeito estufa) ou financeira (captação de recursos – investimento/financiamento, organização de dívidas, venda de participações, contratos de performance para projetos de energia, estudo de viabilidade econômico-financeira, estruturas financeiras inovadoras, avaliação e comercialização de Crédito de Carbono).

Entre os principais clientes da Econergy estão as usinas sucroalcooleiras, tais como Açúcar Guarani S/A, Açucareira Corona, , Central de Álcool Lucélia Ltda, Usina Cerradinho, Cia Açucareira Vale do Rosário, Cia Energética Santa Elisa, Cocal Termelétrica, Equipav S/A Açúcar e Álcool, Usina Alta Mogiana, Usina Colombo, Usina Moema, Usina Nova América e Usina Cresciumal, no Estado de São Paulo, Usina Jalles Machado, em Goiás, e Barralcool, em Mato Grosso.

X