Usinas preparam colhedora adaptada

Para enfrentar áreas com elevado declive e acidentadas que predominam no Nordeste Brasileiro, as usinas estão financiando um projeto para viabilização de uma colhedora adaptada, já que as convencionais não podem ser operadas em canaviais com declive acima de 12%. A confirmação é do gerente agrícola da Usina Cucaú, instalada em Rio Formoso(PE), José Heleno do Rego Barros.

O projeto das usinas está utilizando uma carregadeira para que a máquina receba equipamento de corte e colheita da cana, “mas ainda estamos em período de testes”, acrescenta o gerente agrícola da Cucaú, onde 60% dos canaviais têm declive variando entre 10% e 40%. É mais um desafio para o setor no Nordeste para a exploração da cana, onde adaptação de equipamentos tradicionais se transformou numa rotina.

Em muitas usinas, por exemplo, os problemas criados pelo declive fizeram com tratores recebessem adaptações para o transbordo da cana, e sucadores que eram feitos com o uso de animais, agora são acoplados em tratores, obtendo-se um aumento de até três vezes na produtividade. “Estamos no dia-a-dia adotando também técnicas alternativas para enfrentarmos os obstáculos trazidos pelo declive”, afirma Barros.

Usinas preparam colhedora adaptada

Para enfrentar áreas com elevado declive e acidentadas que predominam no Nordeste Brasileiro, as usinas estão financiando um projeto para viabilização de uma colhedora adaptada, já que as convencionais não podem ser operadas em canaviais com declive acima de 12%. A confirmação é do gerente agrícola da Usina Cucaú, instalada em Rio Formoso(PE), José Heleno do Rego Barros.

O projeto das usinas está utilizando uma carregadeira para que a máquina receba equipamento de corte e colheita da cana, “mas ainda estamos em período de testes”, acrescenta o gerente agrícola da Cucaú, onde 60% dos canaviais têm declive variando entre 10% e 40%. É mais um desafio para o setor no Nordeste para a exploração da cana, onde adaptação de equipamentos tradicionais se transformou numa rotina.

Em muitas usinas, por exemplo, os problemas criados pelo declive fizeram com tratores recebessem adaptações para o transbordo da cana, e sucadores que eram feitos com o uso de animais, agora são acoplados em tratores, obtendo-se um aumento de até três vezes na produtividade. “Estamos no dia-a-dia adotando também técnicas alternativas para enfrentarmos os obstáculos trazidos pelo declive”, afirma Barros.

X