Usinas investem na área de recursos humanos

As usinas sucroalcooleiras estão cada vez mais preocupadas com a qualificação do colaborador e com a reestruturação da empresa direcionada à área de recursos humanos.

Em visita ao JornalCana, Erval Santo André, diretor da ACREH – assessoria empresarial, disse que as usinas têm procurado a reestruturação organizacional para definição de atribuições das responsabilidades na empresa; programas relacionados com cargos e salários, como sistemas de remuneração variável para os colaboradores por conta do resultado mensal; programa de participação em resultados com base na definição das metas e objetivos pré-estabelecidos pelas usinas – anualmente. “A usina estabelece metas para melhoria dos resultados e no final o trabalhador terá um prêmio que pode variar de meio salário a um salário extra”, frisa.

Outros destaques, segundo André, são os treinamentos voltados a área comportamental do funcionário, buscando comunicação, relacionamento, comprometimento, motivação, liderança e principalmente na formação de verdadeiras equipes de trabalho; além dos programas de qualidade total 5S, Iso, SA 8000, voltados à comunidade, já que os clientes cada vez mais estão exigindo esse trabalho.

Entre os principais clientes de André, estão o Grupo Nova América, Cerradinho, Colorado, Vale do Rosário, Grupo Tavares de Melo, Grupo José Pessoa, Unialco, Clealco, Naoum, Virgolino de Oliveira, São Domingos, Cosan, Grupo Balbo, Carlos Lyra, João Lyra e outros.

X