Usinas do Nordeste terão US$ 500 milhões de financiamento internacional

doAinda depende de sanção pelo presidente Michel Temer, mas o setor sucroenergético já celebra a aprovação da Medida Provisória (MP) 701/2015 (PLV 7/2016) pelo Senado Federal.

Leia mais: Moagem de cana no Centro-Sul será recorde nesta quinzena

A MP, que foi aprovada na terça-feira (10/05) amplia o uso de recursos do Fundo de Garantia à Exportação para a concessão de seguro nas exportações de produtos agrícolas sujeitos a cotas de importação. Usinas de cana da região Nordeste integram essas cotas.

Conforme a Agência Alagoas, a lei pode assegurar um financiamento internacional da ordem de US$ 500 milhões, ou cerca de R$ 1,8 bilhão, para as usinas sucroenergéticas da região Nordeste do País.

Acesso 

Segundo André Risco, da Agência Alagoas, com a medida deverão ter acesso ao crédito pelo menos quatro usinas de Alagoas, além da Cooperativa Regional dos Produtores de Açúcar e Álcool, que representa 12 usinas.

O benefício deverá ser usado na renovação dos canaviais, além de ajudar as empresas a fazer investimentos e pagar compromissos com os fornecedores de cana.

 

 

X