Usinas de cana integram lista de 63 projetos no leilão de compra de energia

A compra e venda de energia no mercado livre tem novas regras em Pernambuco

As companhias sucroenergéticas integram a lista de 63 empreendimentos geradores de energia elétrica por biomassa inscritos no Leilão nº 1/2016 (A-5).

O evento está programado para o dia 29 de abril para contratação de energia elétrica proveniente de empreendimentos de geração a partir das fontes hidrelétrica, eólica e termelétrica a carvão, a gás natural em ciclo combinado e a biomassa, com início de suprimento em 1o de janeiro de 2021.

O leilão será realizado pela Internet, com operacionalização da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), em São Paulo. A energia elétrica gerada será objeto de Contrato de Comercialização de Energia em Ambiente Regulado (CCEAR), nas modalidades por disponibilidade para os empreendimentos eólicos e termelétricos, e quantidade de energia para empreendimentos hidrelétricos.

Preços

O Preço Inicial do Produto Disponibilidade será de R$ 251/MWh para fonte termelétrica a biomassa e carvão; R$290/MWh para fonte termelétrica a gás natural; e de R$ 223/MWh para eólicas, enquanto o Preço Inicial do Produto Quantidade, para empreendimentos hidrelétricos será de R$ 227/MWh. Também são elencados no edital os preços de referência da PCH Santa Barbara, dos empreendimentos com outorga sem contrato, e com outorga com contrato.

O documento segue as diretrizes publicadas na Portaria nº. 382/2015 do Ministério de Minas e Energia (MME). Os documentos relativos ao leilão estão disponíveis na página da ANEEL (www.aneel.gov.br), em Informações Técnicas, Leilões, Geração.

Para este leilão, o sistema de cadastramento da Empresa de Pesquisa Energética (EPE) recebeu 1055 inscrições de empreendimentos, cujas fichas de dados e demais documentos serão examinados no processo de habilitação técnica que antecede a realização do Leilão.

Projetos cadastrados para o leilão A5 de 2016

FONTES POTÊNCIA (MW)  %   Quantidade  % do total

UHE                                529  1,11%    6                  0,57%
PCH                              1.019  2,14%   78                 7,39%
Eólica                         21.232 44,59% 864            81,90%
UTE                           24.838 52,16%  107            10,14%
Biomassa                    3.019 6,34%     63               5,97%
Gás Natural              18.741 39,36%   36               3,41%
Carvão                         3.056 6,42%       7               0,66%
Biogás                        21         0,04%      1                0,09%

TOTAL                    47.617    100%      1.055           100%
Fonte: EPE

 

 

X