Usina Seresta adota RB 931011 na safra 2010/11

Especifica para solos arenosos e com irrigação contínua a RB 931011, variedade alagoana lançada pela Rede Interuniversitária para o Desenvolvimento do Setor sucroalcooleiro (Ridesa) no inicio do ano passado, ganhou espaço nas usinas do estado.

Fruto de estudos da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) através do Programa de Melhoramento Genético (PMGCA) a 1011 ocupa hoje uma área de 300 hectares na Usina Seresta, localizada no município de Teotonio Vilela, agreste alagoano.

Ideal para colher no meio e fim de safra a variedade apresenta um fechamento entre linhas bom e um crescimento rápido. De acordo com Antônio Rosário, pesquisador do PMGCA que acompanha a área, o segredo para uma boa produtividade está no manejo adequado. No caso da 931011 o ideal é plantar no verão e colher na mesma estação.

“Um período de chuvas intensas pode compro meter o desenvolvimento da variedade, ela termina não se desenvolvendo. Como a recomendação é plantar no verão essa variedade deve ter irrigação continua porque temperaturas muito altas e ventos fortes também podem comprometer seu desenvolvimento”, explicou o pesquisador.

Seguindo todas as recomendações a produtividade da nova variedade é excelente, prova disto é que a Usina Seresta vai ampliar em 12% a área plantada para próxima safra. “Já estamos com um resultado comercial muito bom. Na última safra ela apresentou produtividade agrícola excelente e com a ampliação de cerca de 150 hectares nesta safra vimos um resultado ainda melhor”, relatou o gerente agrícola da usina André Borges.

A nova variedade está ganhando força também em outros estados. Segundo Rosário, no Rio Grande do Norte, por exemplo, existem três mil hectares de área plantada com a 931011. “O estado é cercado por um solo arenoso e de muitas dunas, nessas áreas essa variedade, que é bastante eclética e resist ente, mostra um desempenho muito bom”, reforçou.

A RB 931011 faz parte do grupo das cinco RBs desenvolvidas pela Ufal e lançadas pela Ridesa em 2010.

X