Usina São Francisco dobra moagem nesta safra

A usina São Francisco, do Grupo Balbo, localizada em Sertãozinho, SP, encerrou a safra 2008/09 na primeira quinzena de novembro com a moagem de 1,3 milhão de toneladas de cana, o dobro do volume do passado, quando a unidade processou 649,5 mil toneladas. Mesmo assim, por conta da estiagem, 6% da cana ficarão em pé para serem moídas na safra 2009/10.

De acordo com a Unica (União da Indústria de Cana-de-açúcar), 8% da cana da região Centro-Sul devem ficar em pé nesta safra, o equivalente a 40 milhões de tolenadas. Até a primeira quinzena de novembro, cerca de 438,4 milhões de toneladas haviam sido processadas pelas usinas do Centro-Sul.

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima que 487,4 milhões de toneladas sejam moídas até o encerramento da safra. Para o pesquisador técnico da Associação dos Plantadores de Cana do Oeste do Estado de São Paulo (Canoeste), Oswaldo Alonso, a cana que ficou no pé para ser processada no próximo ano, pode ter uma qualidade um pouco inferior. “O crescimento da safra 2009/10 deve ser menor do que o ocorrido neste ano”.

X