Usina Pitangueiras investe em cavaco de madeira para entressafra

Cavaco de madeira na Usina Pitangueiras
Cavaco de madeira na Usina Pitangueiras

A Usina Pitangueiras, localizada em cidade de mesmo nome no interior de São Paulo, realiza um trabalho diferenciado no recolhimento e desfardamento da palha, e com isso, busca melhorar seu rendimento agrícola com início da rebrota mais rápido, além de gerar um faturamento extra com a cogeração de energia na entressafra.

Para o período da entressafra, investiu na compra de cavaco de madeira para manter a geração adicional de energia. “Utilizaremos aproximadamente 50 mil toneladas de cavaco para gerar 26.000 MW, faturando, nos meses de dezembro e janeiro, em torno de R$ 16, 7 milhões”, afirma João Henrique de Andrade, diretor da Pitangueiras.

Questionado sobre a importância da cogeração em tempos difíceis nos mercados de açúcar e etanol, ele explica. “Durante toda a safra a cogeração é o que está mantendo a usina com um pouco de fôlego. Para 2015, adquirimos mais uma máquina de enfardar e pretendemos recolher entre 35 a 40 mil toneladas de palha, que nos daria aproximadamente 35 dias a mais de cogeração na entressafra sem a aquisição de cavaco ou mesmo biomassa”.

A matéria completa você acompanha na edição 252 do JornalCana.

X