Usina do Espírito Santo encerra safra com moagem 50 mil toneladas abaixo do previsto

Foto: Divulgação

A Usina Paineiras, em Itapemirim (ES), encerrou a moagem da safra 2018/19 em 26/10 com 50 mil toneladas abaixo da previsão inicial.

A meta da única usina canavieira do Sul do Espírito Santo quase foi alcançada neste ano: eram esperadas 700 mil toneladas de cana-de-açúcar, porém a empresa só recebeu 650 mil toneladas, enquanto a sua capacidade instalada de processamento de matéria-prima é de 1,2 milhões de toneladas.

Segundo Antonio Carlos de Freitas, diretor-superintendente e de negócios da Usina Paineiras, a menor oferta de matéria-prima se deve à concorrência da indústria com outros mercados que compram a cana-de-açúcar dos mesmos fornecedores (como alambiques e outras usinas) e à parte da produção não ter sido colhida a tempo de ser trazida à usina antes do encerramento da safra.

“Também tivemos menos qualidade na cana-de-açúcar, devido ao excesso de chuvas desta safra: com mais chuva que o previsto, temos mais matéria-prima, porém menos açúcar por tonelada. Mas não podemos reclamar dessas chuvas que, depois de quatro anos de estiagem, permitiram o desenvolvimento dos canaviais e a rebrota da cana-de-açúcar para 2019”, explicou o diretor.

X