Usina de cana tem sinal verde para ampliar moagem em 2,5 milhões de toneladas

2009-11-04 Canavial Cana ArteA Usina Boa Vista, controlada pela joint venture Nova Fronteira Bioenergia e localizada na cidade de Quirinópolis (GO), acaba de receber sinal verde do governo estadual para ampliar a sua capacidade de moagem.

Leia mais: Usina de cana São Martinho vai à Cetesb

Em documento recebido da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Recursos Hídricos, Infraestrutura, Cidades e Assuntos Metropolitanos (Secima), a unidade sucroenergética está devidamente autorizada a ampliar a capacidade de moagem para 7 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por safra.

Atualmente, segundo a Nova Fronteira, a capacidade instalada da usina é de 4,5 milhões de toneladas de cana por safra.

Cogeração

Nas licenças de instalação 686 e 688 de 2016, emitidas pela Secretaria do governo de Goiás, a Usina Boa Vista também tem sinal verde para cogeração de energia elétrica de 40 megawatts (MW).

Hoje, conforme a Nova Fronteira, a unidade sucroenergética tem potência disponível para exportação de energia elétrica de 58 MW.

Leia mais: Novidades na usina de cana da Petrobras e da São Martinho

Saiba mais sobre a Usina Boa Vista:

A unidade sucroenergética faz parte da joint venture Nova Fronteira Bioenergia, formada em junho de 2010 pelo Grupo São Martinho e a Petrobras Biocombustível (PBio). A São Martinho detém 51% do controle, contra 49% da empresa da Petrobras.

Inaugurada em 2008, a usina de Quirinópolis tem colheita 100% mecanizada. Possui capacidade de produção de 386 mil metros cúbicos de etanol por ano.

X