Usina Coruripe recebe MasterCana Social de Educação e Cultura

A Usina Coruripe, do Grupo Tércio Wanderley, foi a vencedora do Prêmio MasterCana Social 2008, na categoria Educação e Cultura, com o projeto Florecer. O troféu foi entregue ao gerente Administrativo Financeiro da unidade, Carlos Henrique Rego Castro, durante cerimônia realizada no dia 28 de outubro, em São Paulo, SP.

A realização de projetos sociais que visam o bem-estar de colaboradores e pessoas da comunidade é uma das prioridades da Usina Coruripe. O projeto Florecer contempla um Centro de Atendimento Social em Campo Florido, MG, com o objetivo proteger e proporcionar a inclusão social de crianças carentes, dando suporte à educação, cultura e esporte.

Atualmente, a entidade é reconhecida como de utilidade pública municipal, estadual e federal. O projeto atende crianças na faixa etária de 6 a 15 anos, em horário inverso ao escolar. As ações desenvolvidas são realizadas através de um trabalho efetivo com várias atividades, a fim de evitar que as crianças e adolescentes fiquem expostas a situações de risco e vulnerabilidade social.

A entidade possui atualmente duas salas de estudos complementares, biblioteca, refeitório, oficina de artes, sala de informática, sanitários masculino e feminino, quadra de esportes, campo de futebol, vestiários masculino e feminino e secretaria. Para o futuro, serão construídas mais cinco salas de estudos complementares.

Toda a despesa da entidade é obtida através de doações da Usina Coruripe, de seus colaboradores e fornecedores de cana de açúcar da Usina.

MasterCana Social

O Prêmio, promovido pelo Gerhai (Grupo de Estudos em Recursos Humanos na Agroindústria) e pelo JornalCana, tem por objetivo incentivar, reconhecer e premiar práticas de gestão de pessoas e responsabilidade sócio-ambiental de empresas do setor sucroenergético, que contribuam para a promoção do bem-estar social e do desenvolvimento sustentável.

O prêmio contou com a indicação de 51 cases de 15 empresas. Os temas foram analisados por comissões julgadoras formadas pelos grupos técnicos e comissões de trabalhos do Gerhai, que selecionaram 25 cases. O vencedor de cada categoria foi indicado por um Conselho dos Notáveis, formada por:

Erotides Gil, diretor executivo do Gerhai

Francisco Paternostro, do CTC (Centro de Tecnologia Canavieira)

Jorge Ruivo, da Wiabiliza Empresarial

Josias Messias, presidente da ProCana

Leandro Sanches Ferreira, representante da Udop (União dos Produtores de Bioenergia)

Mario Bittencourt, da BBCA Consultores Associados

Pascoal Muniz, consultor independente

X