Usina controlada por grupo da Noruega registra prejuízo de mais de R$ 80 milhões

A Umoe Bioenergy, com usina de cana-de-açúcar no município de Sandovalina (SP), registra prejuízo de R$ 82,894 milhões no exercício de 2017. No exercício de 2016, a companhia sucroenergética também tinha apurado prejuízo, mas de R$ 7,053 milhões.

A Umoe Bioenergy é controlada pela empresa familiar da Noruega Umoe ASA.

Conforme a demonstração de resultado da Umoe Bioenergy, o prejuízo operacional antes do resultado financeiro totalizou R$ 34,228 milhões em 2017, contra R$ 43,313 milhões em 2016.

O resultado financeiro líquido, no entanto, ficou em negativos R$ 64,791 milhões em 2017, ante R$ 50,366 milhões em 2016.

Conforme descrições da Umoe Bioenergy, o ambiente de produção canavieiro da empresa na região do Pontal do Paranapanema, conta com 45 mil hectares de terras cultiváveis.

A capacidade de moagem de 2,6 milhões de toneladas de cana-de-açúcar por safra.

 

 

 

 

X