Unica negocia com o governo crédito para renovação dos canaviais

O crédito secou nas crises e os usineiros não investiram o suficiente nos canaviais. Dessa forma, os canaviais ficaram envelhecidos e a produtividade caiu.

A extração de etanol dos canaviais foi menor e isso, entre outras razões, fez com que a produção fosse insuficiente para atender o mercado interno.

A Unica está neste momento negociando com o Ministério do Desenvolvimento a criação de uma linha especial para a renovação dos canaviais exatamente para evitar que o País volte a importar etanol nos próximos anos.

Unica negocia com o governo crédito para renovação dos canaviais

Segundo a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Única), uma das razões que levaram o Brasil a importar etanol dos Estados Unidos foi a falta de investimentos para a renovação dos canaviais durante a crise global de 2009.

O crédito secou nas crises e os usineiros não investiram o suficiente nos canaviais.

Dessa forma, os canaviais ficaram envelhecidos e a produtividade caiu.

A extração de etanol dos canaviais foi menor e isso, entre outras razões, fez com que a produção fosse insuficiente para atender o mercado interno.

A Unica está neste momento negociando com o Ministério do Desenvolvimento a criação de uma linha especial para a renovação dos canaviais exatamente para evitar que o País volte a importar etanol nos próximos anos.

Autor: Guilherme Barros

X