União Européia pode mudar política agrícola

Às vésperas do encontro dos ministros da Agricultura, neste mês, os países membros da União Européia (UE) começam a dar sinais de que pretendem alterar sua Política Agrícola Comum (PAC).

Em reunião realizada no final de maio, o ministro da Agricultura da Grécia – país que detém a atual Presidência da UE – afirmou que será possível chegar a um acordo na próxima reunião, já que os participantes colocaram suas cartas na mesa. A Comissão Européia, órgão executivo da UE, defende a dissociação entre subsídios diretos aos agricultores e a utilização de parte dos recursos economizados para encorajar o desenvolvimento rural e financiar futuras reformas.

A França, o principal defensor dos subsídios, aceitou o princípio de “dissociação parcial” entre produção e ajuda, reduzindo, assim sua rejeição à reforma. Vale lembrar que o açúcar está fora da PAC, contando com política própria na comunidade.

X