Uma tonelada de milho rende 5 vezes mais etanol do que uma tonelada de cana

Uma tonelada de milho rende cinco vezes mais etanol do que uma tonelada de cana-de-açúcar. Enquanto é possível obter 430 litros do biocombustível com uma tonelada do cereal, a mesma tonelada de cana permite uma produção de 85 litros.

O rendimento do milho como matéria-prima do etanol rende cinco vezes mais ante o emprego da tonelada de cana.

As informações são do engenheiro industrial Fernando César Calsoni. Ele tem 32 anos de experiência no setor sucroenergético e apresentou dados sobre o tema durante palestra durante evento do ProCana Sinatub em agosto, no Centro de Eventos Zanini, em Sertãozinho.

Confira os rendimentos em projeção de Calsoni: 

Leia também: 

Última semana para se inscrever para o curso de Caldeiras, Vapor e Energia

Segundo Fernando César Calsoni, os custos de produção favorecem o etanol de cana-de-açúcar. Tomando por base o dólar a R$ 3,85, ele explica que a produção do litro de etanol de milho custa US$ 0,45, ante US$ 0,31 do litro do biocombustível feito de cana.

Calsoni relatou também, no curso da ProCana Sinatub, que o custo de moagem da tonelada do milho fica em médios U$ 284, ante US$ 90 da tonelada de cana.

O tema da palestra de Fernando Calsoni foi “Diversificação e Máximo Aproveitamento Agroindustrial” e, para tanto, ele discorreu sobre pontos que devem ser observados na área industrial da unidade.

Confira os pontos: 

 

Para obter ganhos agroindustriais, Calsoni aposta em investimento em camisa de alta drenagem

A diversificação é outra estratégia apontada por Calsoni.

Confira o que ele destaca:

Calsoni também destaca Oportunidades x riscos x desafios, que representam a diversificação.

Confira os ganhos com a diversificação, segundo ele: 

Se quiser contatar Fernando César Calsoni:

X