[TOP TEC] Piloto automático, taxa variada e drones

A melhoria do paralelismo nos canaviais proporcionada pelo piloto automático tem contribuído para a redução significativa de perdas na colheita mecanizada. Mas, não é só isto.

Os recursos do piloto automático possibilitam ainda maior velocidade nas operações e trabalho no período noturno, entre outros fatores que geram ganhos de rendimento.

Atividade que está fortemente ligada à agricultura de precisão, a aplicação de insumos em taxa variada, como calcário, fósforo, potássio, tem gerado resultados positivos, explorando o potencial produtivo de cada área a partir da análise detalhada das necessidades nutricionais.

Drones e VANTs (Veículos Aéreos Não Tripulados) também estão se tornando novos aliados da agricultura de precisão, pois podem identificar a existência de pragas, falhas em lavouras, áreas atingidas por erosão, deficiências hídricas e assoreamento de rios, bem como estimar a produtividade do canavial.

X