Tonon entrega plano de pagamento de credores

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A Tonon Bioenergia, companhia em recuperação judicial desde dezembro passado, entregou nesta semana à Justiça sua proposta de pagamento de credores. Com três usinas de cana-de-açúcar no Centro-Sul do país, a empresa informava em 30 de setembro, último balanço disponível, débitos de R$ 2,8 bilhões, a maior parte com bondholders que detêm juntos US$ 519 milhões em títulos emitidos pela companhia.

A sucroalcooleira, que tem assessoria jurídica do escritório Felsberg Advogados, propôs pagar os credores com garantia real — categoria na qual se enquadram os detentores de US$ 230 milhões em bonds com garantia — com um desconto de 5,25% e juros semestrais de 10,5% ao ano a partir de novembro deste ano. Os 94,75% restantes do valor do título serão pagos em maio de 2024. A empresa tem ainda a opção de não pagar os cupons semestralmente e incorporar o montante devido ao valor principal da dívida.

Para os credores quirografários, na qual se enquadram os bondholders dos títulos de US$ 289 milhões sem garantia, a Tonon fez duas propostas. A primeira é de um desconto de 80% no valor da dívida, com pagamento em oito anos, sendo dois de carência. A proposta prevê ainda um pagamento de juros mensais, CDI para créditos em reais e Libor mais 2% para os em dólar, após uma carência de 12 meses.

A segunda opção para esse grupo de credores sem garantia é a conversão de dívida em ações até o limite de 72,5% do capital social da Tonon Bioenergia. A diferença, de 27,5%, ficaria com os atuais acionistas. “Os que optarem por essa alternativa estarão renovando a estrutura de capital da Tonon de forma a readequar a dívida ao tamanho da empresa”, explicou o advogado Paulo Fernando Campana Filho, sócio do Felsberg Advogados.

Para os credores considerados “estratégicos”, tais como fornecedores de cana, a proposta da Tonon é de amortização em três anos, em parcelas mensais, sendo que 20% seriam pagos durante o primeiro ano, 40% durante o segundo e 40% no terceiro. Essa condições se aplicam no caso dos credores que continuarem o fornecimento para a companhia nas mesmas condições vigentes na data do pedido de recuperação. Aos credores trabalhistas, a Tonon Bioenergia propôs pagar o valor integral em até um ano.

Fonte: (Valor)

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
X