Tocantins terá usina de biodiesel de babaçu e beneficiamento de banana

A implantação de um projeto agro-industrial em Colméia, a 206 km de Palmas, foi discutida ontem, pelo governador Marcelo Miranda (PMDB), em reunião com os empresários da Intech Engenharia de Meio Ambiente, e da Tournier & Associados. Também participaram do encontro os secretários da Indústria, Comércio e Turismo, Emilson Vieira Santos, e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Roberto Sahium.

O objetivo dos empresários é implantar uma indústria beneficiadora de polpa de banana e uma usina de biodiesel, tendo como matéria-prima a mamona e o babaçu. A previsão é de que o projeto comece a ser desenvolvido em seis meses.

Ao todo, serão 40 mil hectares de área plantada, sendo 20 mil hectares para banana, 15 mil hectares para mamona e o restante para a produção de babaçu. A capacidade de geração de emprego do projeto será de duas pessoas por hectare, num total de aproximadamente 80 mil empregos.

O empreendimento terá investimentos em torno de R$ 60 milhões. O secretário Emilson Vieira ressaltou que o empreendimento é uma prioridade do governo, porque é de “alta inclusão social e vai gerar empregos”, disse. Além disso, Vieira afirmou que a contrapartida do Estado será o apoio junto às instituições financeiras e, às obras de infra-estrutura para o acesso das indústrias.

X