Superávit continuará forçando queda do preço do açúcar em 2013, diz especialista

O setor sucroenergético ainda vai sofrer com os baixos preços do açúcar nessa safra 2013/14 devido a pressão do superávit mundial. A informação é do especialista de mercado, Tarcilo Rodrigues, diretor da Bioagência.

Ele relata que em setembro se encerra uma safra mundial (2012/13), com grande superávit entre produção e consumo e que deverá ficar em torno de 7 a 10 milhões de toneladas, suficientes para pressionar as cotações. “Entraremos na safra mundial 2013/14 em outubro com volume um pouco menor, por parte da Índia e do próprio Brasil, que produzirá mais etanol. Isso ajudará a reduzir o superávit, mas os preços terão chances de melhorar desde que se consuma esse excesso”.

Ele informa ainda que nessa safra os preços deverão ficar em torno de 17 centavos e 19 centavos por libra peso, e na próxima em torno de 19 centavos a 23 centavos de dólar por libra peso. “Para remunerar e fomentar novos investimentos e cobrir os custos financeiros do setor, o ideal seria ficar em torno de 23 centavos”, comenta. 

img7134

X