Sistema de minimização de perdas de etanol e prevenção de acidentes promete eliminar incêndios em destilarias e tanques

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Destilaria incendiada Foto: divulgação

Ocorrências de incêndio em área de destilação ou estocagem de etanol são comuns atualmente. Isso gera um alto custo às usinas, ainda que os incêndios não ocorram, já que os seguros que cobrem tais acidentendes em destilarias e tanques possuem alto custo. É o que afirma Thales Barreto, presidente da Velho Barreto e Associados Consultoria e Projetos.

Barreto: este sistema elimina incêndios em destilarias e tanques

“Em Goiás, recentemente os três tanques de uma usina pertencente a um grande grupo pegaram fogo. Tudo bem, eles têm seguro. Mas seguro custa caro. Além do risco de morte que um colaborador corre”, afirma Barreto, que propõe como solução um sistema — que não se restringe a parte operacional — de minimização de perdas de etanol e prevenção de acidentes, que promete eliminar a ocorrência de incêndios em destilarias e tanques de estocagem de etanol.

“O álcool é inflamável. E esse sistema de prevenção que proponho, não permite que esse biocombustível se perca, indo, por fim, parar em uma galeria ou potencialmente causar um incêndio. Além disso, o sistema acaba de vez com a perda de etanol na estocagem, que a reboque dá fim aos incêndios causados nos tanques”, explica.
Barreto revelará os detalhes deste inovador sistema durante o 5º Curso de Processos, Fermentação e Produção de Etanol, que acontece em Sertãozinho (SP) no dia 20 de setembro. “Minimização de perdas é um assunto comum, mas estamos fazendo um link entre a minimização de perdas com a prevenção de incêndio. Esta é a imperdível novidade”, ressalta o especialista.
Inovações tecnológicas

Além do sistema inovador que será revelado por Thales Velho Barreto, o curso apresentará casos e informações relevantes sobre o avanços técnicos e inovações tecnológicas nas áreas de processos, tratamento de caldo, filtragem, fermentação, destilação e tratamento de vinhaça, visando o máximo aproveitamento da matéria-prima e de energia, redução de custos, melhorias na qualidade e otimização da produção de açúcar e etanol, apresentadas e discutidas por gestores de usinas e especialistas da área.

Leia mais: Biosev diz que está mudando mix de produção para favorecer etanol. O que isso significa para o setor?

Para se inscrever ou saber mais sobre o curso acesse o site www.sinatub.com.br. Para mais informações fale com a Thaís.

Contato
Telefone: (16) 3512.4300
WhatsApp: (16) 99153.8690
E-mail: thais@procana.com.br.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.