Sindaçúcar e trabalhadores firmam acordo em Alagoas

Os sindicatos patronal e dos empregados das indústrias do açúcar e álcool de Alagoas assinaram, este mês, um acordo que garante aos trabalhadores um reajuste salarial de 7,56%, retroativo a 1º de setembro, data-base da categoria. O índice é referente à inflação dos últimos 12 meses.

O acordo foi fechado após dois meses de negociações, com base em uma pauta de reivindicações com mais de 50 cláusulas. Segundo o presidente do Sindicato dos Trabalhadores, Jackson de Lima Neto, a crise impediu uma reposição salarial maior, no entanto, afirma que a classe não saiu perdendo. “Conseguimos repor as perdas da inflação e ainda tivemos um ganho pequeno que não ultrapassou 1%”.

A entidade sindical que representa os trabalhadores da indústria do açúcar em Alagoas, conta com aproximadamente 12 mil filiados. De acordo com Jackson Lima, na época da safra o número de empregos nas usinas chega a quase 16 mil.

X