Setor sucroenergético tem investimento de mais de R$ 5 mi

Aconteceu nesta segunda a abertura do 4º Canasul no qual o presidente da Fiems, Sérgio Longen, destacou o investimento de mais de R$ 5 milhões.

Aconteceu nesta segunda (16 ) a abertura do 4º Canasul (Congresso de Tecnologia na Cadeia Produtiva da Cana-de-açúcar), no qual o presidente da Fiems, Sérgio Longen, destacou o investimento de mais de R$ 5 milhões, em parceria com o Sesi, Senai e IEL, como apoio à produção do setor sucroenergético, que vem crescendo a ocupando cada vez mais seu espaço em Mato Grosso do Sul, tornando-se uma das bases da atividade industrial, principalmente pelo grande volume de empregos gerados. Longen acrescentou ainda que um perfil do estilo de vida dos trabalhadores está sendo traçado para definir as ações que serão utilizadas dentro das usinas.

O presidente da Famasul, Eduardo Ridel, reforçou que Mato Grosso do Sul já é um Estado protagonista na produção da cana-de-açúcar no Brasil, respondendo a contento a grande demanda. Já o presidente da Biosul, Roberto Hollanda, afirmou que o Canasul traduz o bom momento do setor no Estado. “A cada ano que passa, nós estamos conseguindo atingir o desenvolvimento de forma sustentável graças à integração dos segmentos fundamentais do setor sucroalcooleiro – produtores, empresários, técnicos, acadêmicos e fornecedores”, disse. Para a secretária estadual de Produção, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias, o Canasul representa a interação entre o produtor e a indústria.

X