Setor destina mais cana para produção de etanol

“Os números de produção registrados até o momento confirmam a tendência de um mix mais alcooleiro para a atual safra”. Essa é a afirmação de Antonio de Padua Rodrigues, diretor técnico da Unica, ao relacionar o volume produzido de etanol e açúcar na região Centro-Sul, na tarde desta quarta.

Segundo ele, enquanto a moagem acumulada desde o início da safra 2013/2014 até 16 de junho apresentou um incremento de 56,86% em comparação com o volume registrado em idêntico período de 2012, a produção de etanol cresceu 74,87%. A entidade confirma que no acumulado desde o início da presente safra até a primeira metade de junho, 58,11% da cana-de-açúcar processada direcionou-se à produção do biocombustível, contra apenas 54,38% verificados em igual período do último ano. Na primeira quinzena de junho, esta proporção atingiu 57,58%, significativamente maior aos 54,29% apurados na mesma data de 2012, relata a Unica em seu boletim.

Na primeira quinzena de junho, a produção de açúcar na região alcançou 1,78 milhão de toneladas e o volume produzido de etanol, por sua vez, atingiu 1,48 bilhão de litros no período, dos quais 851,52 milhões de litros de etanol hidratado e 633,31 milhões de litros de etanol anidro.

A entidade informa que no acumulado desde o início da safra 2013/2014 até a primeira metade de junho, a fabricação de açúcar totalizou 7,39 milhões de toneladas. Já o volume produzido de etanol nesse período alcançou 6,32 bilhões de litros, sendo 3,93 bilhões de litros de etanol hidratado e 2,38 bilhões de litros de etanol anidro. 

img7258

X