Setor canavieiro participa de audiência pública na Câmara Federal

CF

Nesta quarta-feira, 10 de dezembro, o presidente da União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida), Alexandre Andrade Lima e Paulo Leal, presidente da Federação dos Plantadores de Cana do Brasil (Feplana), apresentarão sugestões para crise no setor canavieiro regional e brasileiro, durante audiência pública na Câmara Federal.

Lima falará sugestão de medidas estruturais em prol da manutenção da cultura canavieira regional durante audiência pública da Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados. O dirigente é um dos convidados do deputado federal Paulo Feijó (PR-RJ) – requerente da audiência, que acontecerá a partir da 9h, no plenário 6 da Casa Legislativa em Brasília.

Feijó decidiu por promover a audiência pública porque avaliou que a cana-de-açúcar não possui amparo das políticas pública, diferente do que ocorre para outros produtos comerciais como soja, arroz, café, laranja, uva e etc. O parlamentar defende que haja uma revisão da política da formação de preços para a cana, o açúcar e para o etanol, uma vez que tais valores sofrem impactos diretos devido ao atrelamento ao preço da gasolina.

O presidente da Unida aproveitará para reivindicar medidas estruturantes do governo federal na Zona da Mata nordestina, prejudicada sempre com as recorrentes estiagens na Região.

Propostas – Pequenas barragens para concentrar e qualificar o múltiplo uso da água, inclusive voltada para a agricultura, integram a lista de iniciativas governamentais que serão defendidas. Além disso, Lima ainda defenderá um programa específico de recuperação da atividade canavieira.

Na última passada, Lima teve a oportunidade de expor o mesmo projeto ao ministro da Integração Nacional, Francisco Teixeira, que ficou de levar o pleito para a primeira reunião do Conselho Deliberativo da Superintendência para o Desenvolvimento do Nordeste em 2015.

X