Setor canavieiro do NE debate em Brasília (DF) taxa de equalização

O presidente da Associação dos Produtores de Indústrias do Açúcar e do Álcool do Estado de Alagoas, Alfredo Cortez, esteve em Brasília (DF) nesta terça-feira para debater com o governo sobre a taxa de equalização de custos da cana-de-açúcar produzida no Nordeste. Segundo o assessor da diretoria da Usina Seresta, Cariolando Oliveira, que prefere não tocar na palavra subsídio, explicou que a intenção é buscar junto ao governo um equilíbrio entre os preços da tonelada da cana do Centro-Sul e do Nordeste. (Safras)

X