Seminário discute fim da queima de cana em Campos dos Goytacazes, RJ

Produtores e entidades ambientais discutiram nesta quinta-feira (6), em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, possíveis soluções para acabar com a queima de cana-de-açúcar. O debate aconteceu durante um seminário organizado pelo Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e as secretarias estaduais de Agricultura e do Meio Ambiente.

Até 2014, metade da produção do município deve ser colhida com máquinas. A meta é reduzir em 50% a queima da cana-de-açúcar. Para isso, o Inea vai intensificar a fiscalização. Desde 2012 é feito um mapeamento das áreas plantadas, dessa forma é possível saber onde há queima irregular.

Pelo menos 58 autos de infração foram expedidos em 2012. A multa estipulada para quem desrespeitar a proibição pode chegar a R$ 8 mil por hectare queimado sem permissão. O objetivo é que em dez anos a prática seja proibida no estado do Rio.

X