Seae recomenda multa em alumínio, postos de gasolina e gás

A Secretaria de Acompanhamento Econômico (Seae), do Ministério da Fazenda, sugeriu, nesta segunda-feira à tarde, ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) que aplique multa por formação de cartel em três casos: empresas produtoras de alumínio primário (Alcan Alumínio do Brasil Ltda., Aluvale – Vale do Rio Doce Alumínio, Billiton Metais S.A. e CBA – Companhia Brasileira de Alumínio), de combustíveis em Londrina (nove postos, Associação dos Revendedores de Combustível do Norte do Paraná – Arcon, seu presidente e diretores) e de gás (Sindicato das Empresas Revendedoras de Gás da Região Centro-Oeste – Sinergás C/O). (O Estado de SP)

X