Saiba mais sobre o aproveitamento da palha de cana  

 

 

Mostrar outros potenciais da utilização da biomassa, além da cogeração de energia elétrica é um dos objetivos da palestra do diretor do ITC – Instituto de Tecnologia Canavieira  Jaime Finguerut, que acontece no dia 23 de agostoo, durante o 5º Curso de Diversificação e Máximo Aproveitamento Agroindustrial.

“Uma das aplicações que será  descrita será o aproveitamento do bagaço e/ou da palha ou ainda da cana-de-energia para a produção de etanol, o etanol celulósico ou de segunda geração, também considerando a nova politica de suporte aos biocombustíveis o RenovaBio que premia os biocombustiveis que geram mais descarbonização da economia”, afirma Finguerut.

O especialista colocará os participantes a par das principais tendências tecnológicas de aumento da produção de etanol bem como dos desafios técnicos e econômicos que terão de ser superados em curto prazo de tempo.

“O RenovaBio hoje é o grande tema que interessa a todas as Usinas. Haverão investimentos em tecnologia e entre estes haverão investimentos em aumento sustentável de produção de etanol, de preferencia sem aumento da área ocupada pela cultura. Isso levará estas tecnologias a terem mais incentivos e as usinas deverão, portanto ter os seus executivos preparados para entender esta nova conjuntura”, explica.

Objetivos do curso

 

Gestão – Como melhorar o desempenho agroindustrial das usinas sem aumentar a área plantada

Etanol de Milho – Quais inovações geram maior lucratividadeComo incorporar Cana Energia, Palha e outras biomassas e aumentar a rentabilidade com os Cbios

Quais Estratégias de Diversificação Estão se Firmando nas Usinas

Como anda a viabilidade técnica e econômica do etanol 2G

 

 

Algumas das palestras já confirmadas:

– Novas tecnologias que prometem verticalizar o desempenho agroindustrial das usinas
Fernando Cesar Calsoni, engenheiro químico

– Aproveitamento da palha de cana: Desafios e Benefícios
Francisco Antônio Barba Linero, diretor da FL Consultoria e Engenharia

– USINA FLEX 360 – Inovações que fazem da Usimat um case de lucratividade com etanol de cana e cereais
Vital Nogueira, gerente industrial da Usimat – Campos de Júlio (MT)

– Máximo Aproveitamento Industrial através da Otimização em Tempo Real – Cases e Resultados de Usinas
Josias Messias, presidente da ProCana Brasil

– Desenvolvimento de Cana Energia e Etanol Celulósico no Brasil e os Estímulos ao RenovaBio
Gonçalo Pereira, Professor titular da UNICAMP – Laboratório de Genômica e Expressão

– Quais Inovações Técnicas e Estratégias de Diversificação Estão se Firmando nas Usinas?
– Como anda a viabilidade técnica e econômica do etanol 2G
– Mais etanol a partir de Inovações na Fermentação
– Melhoria da Eficiência Industrial com Otimização dos Processos em Tempo Real
Jaime Finguerut, diretor do ITC Instituto de Tecnologia Canavieira

– Aumento da produtividade e da rentabilidade – Tudo começa com o Planejamento Integrado
– Planejamento estratégico da produção agroindustrial

– Melhorias no planejamento operacional
– Melhorias nas eficiências e rendimentos da Agroindústria
Luiz Paulo Sant’Anna, CEO da CEVASA

 

Acesse o site: www.sinatub.com.br

Mais informações com Thais:  +5516991195368 | thais@procana.com.br

 

X