Saiba detalhes sobre projeto de três novas usinas de etanol no Mato Grosso

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
Unidade processadora de milho no MT (Foto: Ceise Br/Divulgação)

O estado do Mato Grosso conta com nove usinas de cana-de-açúcar e duas flex, que processam cana e milho, além de uma terceira flex em fase de empreendimento.

O setor sucroenergético matogrossense, no entanto, vive fase de expansão. O vice-governador do Mato Grosso, Carlos Fávaro, revela que ainda neste ano deverá ser retomado projeto implantado pela Cluster de Bioenergia S/A.

Esse projeto, conforme relato do vice-governador para a Secretaria de Estado de Comunicação (Secom), prevê a construção de três usinas de etanol.

Inicialmente, segundo Fávaro, o projeto prevê a instalação de uma usina de etanol no município de Barra do Garças. A médio e longo prazo, emendou, serão implantadas unidades nos municípios de Nova Xavantina e Água Boa.

“O projeto foi paralisado pelos investidores em função da crise econômica do país, entretanto, será retomado e, nessa nova fase, as indústrias serão flex, ou seja, além de cana-de-açúcar, também utilizarão o milho, diferente do planejamento anterior”, disse.

Segundo o vice-governador, o grupo já havia destinado R$ 50 milhões na fase inicial do projeto e agora, nessa retomada, os investimentos serão da ordem de R$ 1 bilhão.

Com a construção da usina em Barra do Garças, serão gerados 2.400 empregos na primeira fase e atingirá 4.500 empregos diretos no município.

De acordo com informações do governo, no tocante à Secretaria de Meio Ambiente (Sema) será feita a renovação do licenciamento, pois já todos os trâmites legais já foram realizados, como audiência pública e o Estudo  de Impacto Ambiental (EIA-Rima).

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.