Safra terá R$ 21 bilhões em 2002/03

O governo federal vai destinar R$ 21,7 bilhões para o Plano Agrícola da safra 2002/03, que financia plantio, comercialização e investimentos na produção agropecuária. O valor representa aumento de 26% em relação aos R$ 17,2 bilhões liberados no ano-safra passado. A maior parte das linhas de fomento terá juros de 8,75% ao ano, sem correção monetária. Cerca de 80% dos créditos serão concedidos nestas condições. O plano agrícola será detalhado hoje pelo ministro da Agricultura, Pratini de Moraes. Em dólares, o setor agropecuário terá US$ 7,48 bilhões em financiamentos disponíveis este ano, ante US$ 7,26 bilhões em 2001. Um dos programas que terá mais recursos é o Moderfrota, dada a grande procura. Foram reservados R$ 2,1 bilhões – metade disponível este ano e metade no primeiro semestre de 2003. (Valor Econômico)

Safra terá R$ 21 bilhões em 2002/03

O governo federal vai destinar R$ 21,7 bilhões para o Plano Agrícola da safra 2002/03, que financia plantio, comercialização e investimentos na produção agropecuária. O valor representa aumento de 26% em relação aos R$ 17,2 bilhões liberados no ano-safra passado. A maior parte das linhas de fomento terá juros de 8,75% ao ano, sem correção monetária. Cerca de 80% dos créditos serão concedidos nestas condições. O plano agrícola será detalhado hoje pelo ministro da Agricultura, Pratini de Moraes. Em dólares, o setor agropecuário terá US$ 7,48 bilhões em financiamentos disponíveis este ano, ante US$ 7,26 bilhões em 2001. Um dos programas que terá mais recursos é o Moderfrota, dada a grande procura. Foram reservados R$ 2,1 bilhões – metade disponível este ano e metade no primeiro semestre de 2003. (Valor Econômico)

X