Safra de cana no Centro-Sul deve terminar com moagem abaixo de 580 milhões de toneladas

Foto: Unica/Divulgação

As unidades processadoras da região Centro-Sul deverão encerrar a safra 2017/18 com moagem abaixo de 580 milhões de toneladas de cana-de-açúcar.

O volume de cana processado poderá ficar ainda menor, entre 550 a 570 milhões de toneladas, caso ocorram chuvas que impeçam o corte da matéria-prima de etanol reservada para o fim da temporada.

Se a moagem de cana somar 580 milhões de toneladas, o resultado ficará 5 milhões de toneladas abaixo da previsão para a safra 17/18 no Centro-Sul divulgada no fim de abril pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).

Os 580 milhões de toneladas representam queda ainda maior em relação a temporada 16/17 que, segundo a Unica, totalizou moagem de 607,14 milhões de toneladas no Centro-Sul.

“Dificilmente as unidades do Centro-Sul passarão de 580 milhões de toneladas”, afirma Josias Messias, diretor da ProCana, empresa controladora do JornalCana e do Infocana, plataforma de dados do setor sucroenergético.

Conforme informações colhidas pela plataforma ao longo da safra, a área canavieira do Centro-Sul disponibilizava 600 milhões de toneladas. Mas a estiagem prolongada, que afetou a região principalmente entre os meses de agosto e outubro, reduziu a oferta da matéria-prima, embora tenha ampliado a presença de Açúcares Totais Renováveis (ATR) nos canaviais.

O aumento de açúcar também proporcionado pela estiagem somou 68.366 milhões de toneladas de ATR entre abril e 16/10, conforme levantamento da Unica. Esse volume representa alta 0,54% sobre o acumulado de ATR no mesmo período da safra anterior.

A pequena margem de alta não significou ganhos representativos diante a queda na oferta de cana-de-açúcar. Segundo a Unica, entre abril e 16/10 as unidades do Centro-Sul processaram 499.596 milhões de toneladas, queda de 1,74% na comparação com o mesmo período de 2015.

Encerramento

Com menos cana disponível, as usinas começaram a encerrar a moagem antes. Até o fim da primeira quinzena de outubro, segundo a Unica, 18 unidades tinham finalizado a safra. Elas registraram queda aproximada de 20% na oferta de cana processada nesse ano ante 2016.

“O número de usinas que encerraram a moagem passará de 100 até o fim da primeira quinzena de novembro”, observa Messias.

Sua estimativa leva em conta levantamento do Infocana.

 

 

X