Safra 2013/14: Em Minas Gerais, produção está 50% maior

Em Minas Gerais, a safra 2013/14 de cana-de-açúcar segue em ritmo acelerado. Até 1º de junho, a moagem atingiu 10,7 milhões de toneladas, 50% acima do acumulado neste mesmo período da safra 2012/13.

Chama atenção o aumento na produção de etanol, que já totaliza 437,2 milhões de litros, cerca de 85% superior a safra passada, com o crescimento de 225% na produção de álcool anidro – 173 milhões de litros, e produção de 264 milhões de litros de hidratado, equivalente a um aumento de 43,6%.

Segundo informações da Siamig — Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais, a maior produção de etanol tem feito com que o preço do hidratado caia na bomba, com muitos postos em Belo Horizonte apresentando um valor em torno de R$ 1,87 a R$ 1,90, segundo pesquisa da ANP. Se comparado ao preço médio da gasolina de R$ 2,785, dá uma relação de preço de cerca de 67%, vantajosa ao etanol. “Com o bom andamento da safra de cana, os preços do etanol hidratado têm caído na produção e já começam a se mostrar competitivos para o consumidor na bomba”, diz o secretário e da entidade, Mário Campos.

A qualidade da matéria-prima também está superior nesta safra e apresenta 116 kg/t de cana, valor 5,5% maior que no último ciclo. A previsão de em Minas Gerais é de 57 milhões de toneladas, sendo produzidos 2,3 bilhões de litros de etanol 3,5 milhões de toneladas de açúcar.

img7056

X