Sabarálcool entrega material escolar

Nove alunos formados pelo Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (PROERD), e premiados no concurso de redação, com um auxílio bolsa de estudo, começaram a receber, da Sabarálcool, todo o material escolar necessário para o ano letivo. A entrega começou a ser feita na segunda quinzena de janeiro.

No período de vigência do programa, os alunos participaram de um concurso de redação e o melhor texto, entre os escolhidos, recebe da Sabarálcool um auxílio bolsa de estudos que se estende até a conclusão da faculdade. “Agradeço a empresa pela bolsa de estudo. Esse auxílio tem ajudado muito”, diz a estudante do segundo ano do curso Superior de Geografia, Daiane Medeiros.

Daiane foi à primeira aluna a receber a bolsa de estudo em 2002, quando a Sabarálcool colocou em prática o projeto de auxílio aos alunos participantes do PROERD. Ela conquistou o primeiro lugar com uma redação envolvendo o programa, prevenção e drogas. “O Proerd ensinou a mostrar minha capacidade de buscar meus objetivos e a Sabarálcool continua ajudando a alcançar várias vitórias com a bolsa de estudos”, comentou Daiane.

Em dezembro de 2010, o aluno da escola municipal Maria Aparecida Medeiros, de Engenheiro Beltrão, Gabriel Marcelo Rodrigues, de 10 anos, conquistou o primeiro lugar com um texto envolvendo o programa. “Fiquei muito feliz ao escutar meu nome como sendo o ganhador da bolsa de estudos”, disse Rodrigues, durante a formatura. Ao receber o material escolar, em casa, Rodrigues agradeceu.

Segundo a mãe de Gabriel, Adriane Rodrigues, caso o filho não tivesse sido contemplado com a bolsa de estudo da Sabarálcool, muitos dos itens exigidos pela escola, não seriam comprados. “Tenho outros dois filhos em idade escolar e não há condições financeiras de comprar tudo o que as escolas pedem. Iria adquirir apenas o essencial e durante o ano, caso sobrasse, compraria o restante do material”. Adriane garante que a bolsa de estudo da Sabarálcool, vai ajudar a família. “Vou fazer economia e investir no material escolar dos outros dois filhos. Fiquei emocionada e orgulhosa ao saber que ele havia sido escolhido como o primeiro no concurso”, recorda Adriane.

X