Russos importam xarope para driblar tarifa de importação

Entre janeiro e abril, importadores russos compraram 155 mil toneladas de xarope de açúcar para driblar a alta tarifa cobrada sobre as importações de açúcar demerara, informa a trading local International Sugar Company (ISC). O xarope é muito usado como substituto do demerara e até abril sua tarifa de importação era bem mais baixa que a do demerara, por isso os importadores estavam preferindo comprar xarope ao invés do açúcar.

Para impedir tal prática o governo russo aumentou a tarifa de importação do produto de 5% para 45%, com valor mínimo a ser pago de 200 euros por tonelada, o mesmo cobrado do açúcar importado fora das cotas distribuídas pelo governo. A nova alíquota tem validade de 180 dias a partir da segunda quinzena de abril.

Durante esse período, o governo pretende fazer uma investigação anti-dumping (venda de produto abaixo do preço de custo). Segundo o governo, a importação indiscriminada de xarope reduz a eficácia do regime de cotas de importação pelo qual os compradores do país podem importar 3,95 milhões de toneladas de demerara pagando uma tarifa mais baixa. As informações são da Dow Jones.

X