Raízen Combustíveis registrou queda no lucro líquido do primeiro trimestre

A Raízen Combustíveis registrou lucro líquido atribuível a acionistas controladores de R$ 181,3 milhões no quarto trimestre de 2016 – período de janeiro a março deste ano -, com queda de 46% na comparação anual.

No trimestre, a receita líquida cresceu 16,6%, para R$ 16,4 bilhões, como resultado de aumento do volume vendido e de preços mais elevados da gasolina, do diesel e do etanol.

Já a receita do segmento de aviação caiu. O Ebitda da Raízen Combustíveis teve queda de 4,9%, para R$ 589,5, mas o Ebitda ajustado cresceu 6,5%, para R$ 590,3 milhões.

O custo dos produtos vendidos teve alta de 17,7%, e as despesas com vendas, gerais e administrativas subiram 10,6%. O resultado financeiro, que era positivo em R$ 13 milhões, ficou negativo em R$ 133 milhões.

A Raízen Combustíveis informou lucro líquido de R$ 1,2 bilhão no ano-safra 2015/16, 3% menor do que o da safra 2014/15 e expansão da receita líquida de 12,3%, para R$ 63,7 bilhões

Fonte: (Valor)

X