Queima da cana é proibida em SP

A Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb) ampliou nesta quinta (19), a proibição da queima da palha da cana-de-açúcar, necessária para a colheita manual da cultura, em qualquer hora do dia, para 27 municípios paulistas, devido à baixa umidade relativa do ar. Além de manter a proibição iniciada ontem em 15 municípios da região de Votuporanga, no Noroeste de São Paulo, o órgão incluiu outros 12 no entorno de Andradina, no Oeste paulista.

Todos registraram umidade abaixo de 20%, o que levou o órgão da Secretaria do Meio Ambiente a suspender a queima entre 20 horas de hoje e 6 horas de amanhã. A queima da palha de cana em todo o Estado de São Paulo já é proibida, até 30 de novembro, entre 6 horas e 20 horas, mas quando a umidade cai abaixo dos 20% ela é suspensa durante o dia inteiro de acordo com a medição feita em cada região.

X