Prorenova tem prazo prorrogado e segue até 31 de dezembro

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

img4684

Os problemas financeiros e climáticos vividos no mundo desde 2008 fizeram com que os produtores rurais, ou boa parte deles, não renovassem seus canaviais. Segundo informações do Mapa – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, essa é a justificativa do secretário de Produção e Agroenergia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Gerardo Fontelles, que fala sobre a prorrogação do Programa de Apoio à Renovação e Implantação de Novos Canaviais (Prorenova). “Com o programa, espera-se o retorno da produtividade, pelo menos, aos patamares anteriores à crise, que era em média entre 80 e 85 toneladas por hectares”, disse.

O Prorenova foi prorrogado até 31 de dezembro deste ano e terá recursos de R$ 4 bilhões. Lançado no início de 2012, o programa tem como objetivo incentivar a produção de cana-de-açúcar por meio de financiamento à renovação dos canaviais antigos e à ampliação da área plantada. Esta é uma condição fundamental para aumentar a produtividade da lavoura brasileira de cana e, consequentemente, expandir a produção de açúcar e etanol.

No primeiro ano de operação, o programa teve dotação de R$ 4 bilhões, tendo registrado mais de 70 operações, no valor de R$ 1,4 bilhão, até 31 de dezembro último. Os recursos viabilizaram o plantio de cerca de 410 mil hectares, dos quais 80% destinados à renovação de canaviais. O Brasil renova cerca de 1,6 milhão de hectares de lavoura de cana por ano.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.