Programa de financiamento de carros é adiado

Falta de consenso entre montadoras impede lançamento do Carro Próprio São Paulo

O anúncio do programa desenvolvido pelo Sindipeças, denominado “Carro Próprio” – uma espécie de poupança programada para a compra de carros populares -, previsto para ontem, foi adiado. A entidade esperava que o presidente Fernando Henrique anunciasse o projeto, que tem a participação do Banco do Brasil, por meio da Brasilprev, durante a inauguração do Salão do Automóvel. Mas uma falta de consenso entre as montadoras que devem participar do projeto adiou o programa.

O presidente do Sindipeças, Paulo Butori, acredita que o anúncio será feito em breve. Três montadoras, General Motors, Fiat e Ford, já aderiram. O programa, destinado a famílias com renda entre 5 e 10 salários mínimos, prevê a criação de um seguro de vida em que o consumidor pagaria prestações mensais de R$ 179. Após três anos, ele teria pago 50% do carro. A outra metade seria financiada pelos bancos. (Agência Estado)

X