Produtores nordestinos se reúnem para tratar dos efeitos da seca

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

img4833

Por conta da seca que afeta o Nordeste, produtores de cana se reuniram em Recife nesta quarta-feira (23/1), na Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco, para debater a crise em função de perdas na produção. Os prejuízos variam entre 30% e 35% nos principais estados produtores da região.

Durante o encontro, dirigentes das associações regionais do setor, organizados pela União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida), discutirão e elaborarão Programa de Subvenção em caráter emergencial da Atividade Canavieira no Nordeste. O pleito será entregue posteriormente ao Ministério da Integração Nacional.

O programa reivindica a manutenção e a agilidade no repasse da verba do programa de subvenção financeira do governo federal. O reajuste no valor do benefício para R$ 10 por tonelada de cana fornecida na safra 2011/12 às unidades industriais também será exigido.

Segundo Alexandre Andrade Lima, presidente da Unida, a atividade canavieira precisa de atenção governamental urgente, sobretudo, porque é um importante pilar de sustentação socioeconômica para o povo nordestino. Ele lembra que o estado de São Paulo, mesmo sendo o maior produtor de cana do país, representa apenas 2% do PIB do estado, enquanto Alagoas e Pernambuco correspondem a 20% e 10% respectivamente.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.