Produção de etanol em MG supera em 19,5% a da safra anterior e bate recorde

Campos, presidente da Siamig: recorde na produção de etanol (Foto: Divulgação)

A produção de etanol em Minas Gerais pode atingir volume recorde na safra 2018/19. São esperados 3,24 bilhões de litros, um aumento de 19,5% em relação ao volume processado na temporada anterior. No estado, o consumo também acompanha o ritmo da produção, uma vez que o litro nas bombas é negociado ao custo de 64,6% na comparação com os preços da gasolina.

Para o presidente do Sindicato das Indústrias Sucroenergéticas no Estado de Minas Gerais (Siamig), Mário Campos, o consumidor vem encontrando preços de etanol competitivo nas bombas desde maio e tem respondido com consumo crescente.

“O etanol hidratado trouxe para os consumidores mineiros em 2018 economia da ordem de R$ 630 milhões. Esse valor seria gasto a mais, caso tivéssemos somente gasolina disponível nas bombas. Mesmo na entressafra, os preços ainda são favoráveis. Na última semana, a relação de preços etanol/gasolina ainda estava na casa dos 64%”, disse em entrevista ao Estado de Minas.

Leia também:

Produção de etanol de milho ganha impulso com maior oferta do cereal

De acordo com os dados mais recentes coletados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), referentes a novembro de 2018, a participação do etanol hidratado nas vendas de combustíveis do ciclo otto no estado (considerando-se o etanol e a gasolina) ficou em 40%. Trata-se do mais alto percentual já alcançado pelo combustível verde no estado e com performance superior à média nacional, de 31%.

X