Preços do álcool voltam a cair em SP

Os preços do álcool combustível voltaram a cair no mercado doméstico, depois de se manterem firmes nas últimas semanas, de acordo com levantamento do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada).

O litro do anidro fechou a R$ 0,8110 (sem impostos), com queda de 1,54% em relação à semana anterior. O hidratado fechou a R$ 0,7166 o litro (sem impostos), com recuo de 1,6% em relação à semana anterior.

Na semana passada, a Unica (União da Indústria da Cana-de-açúcar) divulgou seu relatório de acompanhamento de safra, no qual mostrou que o clima chuvoso prejudicou o ritmo de moagem no Centro-Sul do país.

O aproveitamento do tempo disponível para a colheita foi inferior ao verificado em maio deste ano e também em junho do ano passado.
 As condições mais desfavoráveis para a colheita e moagem ocorreram no Paraná, onde o aproveitamento de tempo foi de apenas 61%, resultando em 11,5 dias parados. O aproveitamento de tempo também foi baixo no Mato Grosso do Sul (68,9%). Em São Paulo, o índice ficou em 79,5%, similar à média verificada na quinzena no Centro-Sul, responsável por cerca de 88% de toda a produção de cana-de-açúcar do País.


Do total de cana colhida na segunda quinzena de junho, 45% foi destinada à produção de açúcar, que atingiu a marca de 1,89 milhão de toneladas no período, superior ao total da mesma quinzena na safra passada em 6,66%. Desde o início da atual safra, foram produzidas 8,67 milhões de toneladas de açúcar, 33,67% acima do acumulado da safra anterior no mesmo período.

X